O poder da Gamificação

April 12, 2017

Jogamos e competimos desde cedo, então não é de se estranhar, que algumas das principais e mais interessantes estratégias utilizadas, hoje em dia, para buscar o engajamento e a motivação das pessoas em treinamentos, causas, campanhas promocionais e processos internos dentro das empresas passam por uma tática de Gamificação.

 

Isto pode até parecer "coisa de criança", mas funciona muito bem se implementada de forma correta. Gamification (do inglês) está relacionado com a criação de processos a partir da aplicação da dinâmica, da psicologia e da mecânica de jogos. Tudo que a Gamificação traz e faz consiste em envolver e motivar pessoas em relação a processos, podendo ser aplicada em todas as áreas que se possa focar o comportamento, dos Negócios à Educação, da Publicidade ao Entretenimento, dos Setores Corporativos às soluções de Cidades Inteligentes.

 

Nestes cenários de possibilidades de projetos encontramos vários tipos de pessoas que se relacionam e comportam com os jogos de forma diferente. O diagrama de Bartle foi a base para a criação do Diagrama dos Arquétipos de usuários utilizados pela Gamificação, que apresenta como os diferentes perfis se organizam e quais são as suas motivações intrínsecas e extrínsecas dentro do jogo.

 

  • Os Socializadores são motivados pelo Relacionamento, eles querem interagir com os outros e criar conexões sociais.

  • Os Espíritos Livres são motivados pela Autonomia, eles desejam criar e explorar.

  • Os Conquistadores são motivados pela Maestria, eles observam para aprender coisas novas e melhorar a si mesmos e são ávidos por superar desafios.

  • Os Filantropos são motivados pelo Propósito. Este grupo é altruísta, desejam retribuir, contribuir e enriquecer a vida dos outros de alguma forma.

  • Os Jogadores puros são motivados por Recompensas e farão o que é necessário para coletar prêmios dentro do sistema.

  • Os Disruptores são motivados pela Mudança, em geral, querem irromper com o sistema, diretamente ou através de outros usuários para forçar mudanças positivas ou negativas.

 

O desenvolvimento e a organização de um processo gamificado de engajamento envolve a geração de uma experiência marcante, a visualização de um senso de progressão e ainda o constante recebimento de feedbacks, isto tudo voltado para cada arquétipo. O segredo está sempre nas motivações e em que tipos de mecânica cada perfil se alinha melhor. É preciso engajar o público de acordo com o problema que se quer resolver e é mandatório pensar no coletivo de todos os arquétipos ao se criar uma plataforma para o grande público, como em um sistema de cidades inteligentes.

 

Em resumo a Gamificação é o uso de técnicas e mecânicas de jogos para resolver problemas práticos despertando engajamento de um público específico. Nos negócios, a Gamificação definitivamente não se limita na transformação de algo em lúdico, mas sim trata sobre como tornar os processos e as pessoas mais eficientes, reduzindo custos e aumentando a lucratividade. Sejam todos bem-vindos ao jogo!

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

A Nova Liderança

June 15, 2020

1/10
Please reload

Posts Recentes

June 15, 2020

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

2020 - INFO4U ©